5 milhões de euros para apoio social à população

No passado dia 22 de março, o Governo Regional, no âmbito do pacote de medidas extraordinárias de apoio às famílias e empresas madeirenses e porto-santenses, para fazer face à pandemia da COVID-19, aprovou a criação de um Fundo de Emergência para Apoio Social, no montante de 5 Milhões de Euros.
Considerando a evolução da emergência de Saúde Pública relacionada com a doença causada pelo novo Coronavírus (SARS-CoV-2), já declarada como pandemia internacional pela Organização Mundial de Saúde, bem como o impacto significativo das medidas extraordinárias de mitigação e contenção da sua disseminação, não só ao nível do sistema regional de saúde, como também a nível económico e, sobretudo, social, o Governo Regional decidiu reforçar os apoios sociais, por forma a fazer face às dificuldades acrescidas sentidas pelas famílias da Região.
Prevê-se que, não apenas o setor do turismo, como também, de forma indireta os restantes setores de atividade regional venham a ser afetados por esta conjuntura, com os consequentes efeitos nos trabalhadores e famílias, podendo vir a condicionar e limitar os recursos mínimos que asseguram as condições básicas de vida da população.
Nesse contexto, o Governo Regional criou, desde já, o fundo de emergência social no valor de 5 Milhões de Euros, que poderá vir a ser reajustado em virtude da evolução da situação.
A Secretaria Regional de Inclusão Social e Cidadania encontra-se a realizar um mapeamento dos concelhos, com identificação das diversas instituições que atuam na área social, e reforços de apoios necessários. 
Augusta Aguiar, Secretária Regional, refere que “serão identificadas as situações de carência social causadas, de forma direta ou indireta, pela pandemia originada pela COVID-19, e desencadeados os procedimentos necessários ao reforço dos apoios atuais ou, eventualmente, criação de novas respostas socias que permitam fazer face a estas situações.” 
Realçou ainda que “o Governo Regional continuará, como sempre, a contar com os seus parceiros, nomeadamente as diversas instituições que trabalham na área social, para, numa união de esforços, encontrar as respostas mais adequadas para o apoio social. Apoio esse que se revela muito importante, nesta atual situação de pandemia, para as famílias da nossa Região.”

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email