Albuquerque agradeceu às farmácias disponibilidade para a testagem massiva

Miguel Albuquerque agradeceu hoje a colaboração das farmácias e dos profissionais de farmácia da Madeira e do Porto Santo, na testagem massiva que será iniciada na próxima segunda-feira. Dia 26, em toda a Região, começam os testes rápidos a toda a população. Serão dois testes gratuitos, duas vezes por mês.

O protocolo com a Associação Nacional de Farmácias, para testagem à COVID de toda a população, foi hoje assinado, em cerimónia presidida por Miguel Albuquerque e que decorreu no salão nobre do Governo Regional.

Falando na cerimónia, o presidente do Governo Regional sublinhou que o objetivo desta testagem massiva passa «por tentar conhecer a realidade da pandemia na Região, da sua evolução, porque só assim é que poderemos atuar com segurança e tomar as medidas mais acertadas».

Segundo o governante, esta testagem de toda a população «será uma das determinantes para termos conhecimento da realidade epidemiológica e depois tomarmos as decisões em conformidade com aquilo que é a realidade».

«O Governo Regional, em todo o processo, desde o início, não tem atuado de forma isolada. O combate à pandemia só se pode fazer, com sucesso, com concertação e entendimento de todos os parceiros ativos da sociedade e com a população», disse ainda.

Para Miguel Albuquerque, «a única maneira de se vencer um desafio destes e minimizar os seus efeitos nefastos é com a colaboração e a cooperação com diversas entidades». E isso, enfatizou, tem sido feito.

«Fico muito satisfeito por, mais uma vez, os farmacêuticos e as farmácias da Madeira terem um papel ativo e determinante no combate à doença e na prevenção da mesma doença», complementou.

A concluir, o governante fez questão de reiterar agradecimentos às farmácias e aos farmacêuticos pela disponibilidade demonstrada: «Será um processo que contará com profissionais de excelência, como são os nossos profissionais de farmácia aqui na Madeira. Ao Governo resta agradecer, mais uma vez a disponibilidade da ANF e da Ordem dos Farmacêuticos em colaborarem em mais um objetivo no combate à COVID».

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email