Controlo e acompanhamento funciona em pleno

Presidente do Governo indica que o surgimento de casos positivos é expectável, sendo que os mesmos têm vindo a ser monitorizados e acompanhados de forma eficaz.

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, disse este sábado, 18 de julho, que o surgimento de casos positivos, aferidos, através dos testes aos passageiros desembarcados nos aeroportos da Madeira e Porto Santo, constitui uma situação esperada pelas autoridades, sendo que os mesmos têm vindo a ser monitorizados e acompanhados de forma eficaz pelas autoridades de saúde.

Nesse sentido, o Chefe do Governo apelou para que madeirenses e porto-santenses não se deixem dominar pelo receio em relação a turistas ou residentes que regressam à Região.

Miguel Albuquerque deu inclusive o exemplo do caso ocorrido a Santana para enfatizar a ideia de um acompanhamento capaz que confere segurança.

“É normal que, com a abertura do aeroporto, surjam alguns casos de infeção”, disse o líder do Executivo. 

“Problema seria se os casos de infeção surgissem fora do sistema. Se surgisse qualquer situação anormal, eu seria o primeiro a tomar medidas, no sentido de reforçar essa segurança”, explicou.

O apelo de Miguel Albuquerque à população foi ainda acompanhado de um outro relacionado com o cumprimento escrupuloso das regras determinadas pela autoridade de saúde.

“Nós estamos em plena pandemia”, recordou.

Por isso, faço, mais uma vez, um apelo a proprietários de restaurantes, de bares – a questão não é estragar o negócio – têm que alertar os clientes para manterem o distanciamento, usar máscara dentro dos estabelecimentos e não permitir aglomerações”, advertiu.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email