Convencer a população não vacinada a fazê-lo é intenção do Governo para atingir meta dos 85%

JM MADEIRA 16/09/2021

Só com 85% da população madeirense vacinada é que o Governo Regional ponderá aligeirar as medidas sanitárias que estão até ao presente em vigor. Até lá, tudo vai ficar igual. Com a relutância de algumas pessoas em vacinar-se contra a covid-19, a Região ainda não está próxima da meta proposta pelas autoridades de saúde (85%) e é por isso que o Governo Regional pretende intensificar a ação junto da população, de modo a convencer os indecisos a fazê-lo.

Miguel Albuquerque, que esta manhã esteve a visitar a nova cobertura do polidesportivo da Escola do Galeão, em São Roque, disse aos jornalistas que quer chegar primeiro àqueles 85% de cobertura vacinal para poder então tomar novas medidas.

“Não vale a pena nos precipitarmos porque eu quero fazer a reabertura, ou seja, voltar um pouco à normalidade, com a Festa da Flor [prevista para outubro]. Mas acho que, com os 85% vamos tomar algumas medidas menos restritivas, embora vamos ter de acompanhar sempre o número de casos”, salientou o presidente do Governo Regional.

Como essa meta (85%) está difícil de ser alcançada devido aos “indecisos”, Miguel Albuquerque lembrou que “a única proteção mais eficaz que nós temos é as pessoas serem vacinadas para criarem anticorpos e essa criação de anticorpos é decisiva para a preservação da integridade física dessas pessoas”.

“Vamos ter de convencer essas pessoas”, afirmou, lembrando que, “se estas pessoas não forem vacinadas estão a pôr em causa a saúde dos outros”.

Notícia completa aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email