COVID-19 – Conferência de Imprensa, 13 Março 2020

Região cessa voos com origem em países referenciados pela OMS com transmissão comunitária ativa


O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, anunciou ao final da tarde de hoje, sexta-feira, 13 de março, em conferência de imprensa, a adoção de novas medidas no âmbito da salvaguarda da saúde pública na Região Autónoma da Madeira em virtude do COVID-19.

“Quero informar todos os madeirenses e todos os porto-santenses e o país em geral que a Madeira não tem nenhum caso registado de COVID-19”, disse o Chefe do Governo logo no início da conferência de imprensa.

Dito isto, Miguel Albuquerque anunciou que o seu Executivo procedeu aos contactos indispensáveis para que a região autónoma cesse as operações de ligação aérea com origem em países com casos COVID-19 referenciados pela Organização Mundial de Saúde, cessação que deveria ocorrer durante o prazo de sete dias, até nova avaliação.

As ligações aos aeroportos nacionais mantêm-se, sendo que, no caso de regresso de residentes à Região, nomeadamente estudantes universitários, estes devem observar duas situações:

– Residentes que se encontrem em situação de isolamento social recomendado pela Direção Geral de Saúde / SNS 24 devem cumprir escrupulosamente os 14 dias, ao fim dois quais poderão regressar à Madeira ou ao Porto Santo;

– Os demais, na chegada à Região devem cumprir período de isolamento.

Referir ainda que já hoje, sexta-feira, todos os passageiros e tripulações desembarcadas nos aeroportos da Madeira e Porto Santo foram sujeitos a medição de temperatura e ao preenchimento de inquérito epidemiológico a bordo das aeronaves.

O Governo Regional reiterou ainda a recomendação de adiamento até 31 de março de deslocações a qualquer título e a qualquer pessoa da Região para o exterior e do exterior para Região.

Conferência de Imprensa COVID-19 | 13 março

Região cessa voos com origem em países referenciados pela OMS com transmissão comunitária ativa O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, anunciou ao final da tarde de hoje, sexta-feira, 13 de março, em conferência de imprensa, a adoção de novas medidas no âmbito da salvaguarda da saúde pública na Região Autónoma da Madeira em virtude do COVID-19.“Quero informar todos os madeirenses e todos os porto-santenses e o país em geral que a Madeira não tem nenhum caso registado de COVID-19”, disse o Chefe do Governo logo no início da conferência de imprensa.Dito isto, Miguel Albuquerque anunciou que o seu Executivo procedeu aos contactos indispensáveis para que a região autónoma cesse as operações de ligação aérea com origem em países com casos COVID-19 referenciados pela Organização Mundial de Saúde, cessação que deveria ocorrer durante o prazo de sete dias, até nova avaliação.As ligações aos aeroportos nacionais mantêm-se, sendo que, no caso de regresso de residentes à Região, nomeadamente estudantes universitários, estes devem observar duas situações:- Residentes que se encontrem em situação de isolamento social recomendado pela Direção Geral de Saúde / SNS 24 devem cumprir escrupulosamente os 14 dias, ao fim dois quais poderão regressar à Madeira ou ao Porto Santo;- Os demais, na chegada à Região devem cumprir período de isolamento.Referir ainda que já hoje, sexta-feira, todos os passageiros e tripulações desembarcadas nos aeroportos da Madeira e Porto Santo foram sujeitos a medição de temperatura e ao preenchimento de inquérito epidemiológico a bordo das aeronaves.O Governo Regional reiterou ainda a recomendação de adiamento até 31 de março de deslocações a qualquer título e a qualquer pessoa da Região para o exterior e do exterior para Região.

Posted by Governo Regional da Madeira on Friday, 13 March 2020

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email