Covid-19: Madeira já administrou 39.507 vacinas e foi “pioneira” na retoma da AstraZeneca

JM MADEIRA 20/03/2021

Cerca de 30.500 vacinas contra a covid-19 já foram administradas na Madeira, revelou hoje fonte do gabinete do secretário Regional da Saúde, frisando que esta foi “a primeira região a retomar a administração da AstraZeneca” em Portugal.

“Desde 31 de dezembro de 2021 até hoje foram administradas 39.507 vacinas”, revelou a mesma fonte à agência Lusa.

Também destacou que “a Madeira foi a primeira região do país a retomar a vacinação da AstraZeneca”, o que aconteceu na passada sexta-feira, como havia sido anunciado na véspera.

O gabinete de Pedro Ramos frisou ainda que a “Madeira também foi pioneira na vacinação dos professores”, tendo sido vacinados na sexta-feira “600 pessoas, todas da área da Educação”.

“No domingo, na parte da tarde, serão vacinadas outras 600 pessoas relacionadas com esta área, com a AstraZeneca, no Madeira Tecnopolo, no Funchal”, acrescentou.

A mesma fonte também indicou que “hoje foi dada continuidade ao plano com a vacinação de cerca de 1.000 pessoas, idosos com 80 anos ou mais”, tendo sido administradas “as primeiras e segundas doses da vacina da Pfizer”.

Na quinta-feira, a Secretaria Regional da Saúde da Madeira divulgou que seria retomada, no dia seguinte, a aplicação da vacina na AstraZeneca, que fora suspensa três dias antes, na sequência das indicações da Direção-Geral da Saúde.

“A Direção Regional de Saúde informa que a inoculação com a vacina AstraZeneca contra a covid-19 na Região Autónoma da Madeira será retomada no dia 19 de março [sexta-feira], a partir das 13:00, no Centro de Vacinação do Funchal, localizada no Madeira Tecnopolo”, vincou nesse dia o gabinete do Secretário Regional da Saúde.

A DRS explicava que “esta resolução estava fundamentada na tomada da decisão da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), que reafirmou em 18 de março, que a vacina AstraZeneca é segura e eficaz”.

O Plano Regional de Vacinação covid-19 da Madeira estabelece três fases, a começar pelos grupos prioritários, ao que se seguem as pessoas com comorbilidades e, depois, o resto da população.

A estimativa aponta que sejam vacinadas 50 mil pessoas na primeira fase, outras 50 mil na segunda fase e, por fim, 100 mil pessoas.

Os dados hoje divulgados no boletim epidemiológico pela Direção Regional de Saúde, a Madeira registou 29 novos casos de infeção por SARS-CoV-2 e mais 52 doentes recuperados nas últimas 24 horas, estando hoje notificadas 600 situações ativas no arquipélago.

A Madeira totaliza assim 8.076 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.702.004 mortos no mundo, resultantes de mais de 122,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.762 pessoas dos 817.080 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Notícia completa aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email