Covid-19: Madeira recebeu mais 8.500 vacinas

VISÃO 06/03/2021

As vacinas foram transportadas num C-295M, que descolou de Lisboa em direção à ilha do Porto Santo, na Madeira, lê-se numa nota da Força Aérea Portuguesa (FAP).

O avião “fez uma paragem para que uma equipa de técnicos de saúde, que haviam estado a ministrar vacinas em Porto Santo, embarcassem com destino ao Funchal”, acrescenta.“Devido aos ventos fortes que assolavam o Funchal”, não foi possível este avião aterrar na Madeira, tendo a FAP “optado por ativar o helicóptero EH-101 Merlin, operado, em destacamento permanente no Porto Santo, para concluir atempadamente a missão”, explica ainda.

O Governo Regional da Madeira anunciou na quinta-feira que estava programada a chegada de 8.500 doses de vacinas da AstraZeneca ao arquipélago. “As vacinas AstraZeneca serão muito importantes para dar continuidade à campanha de vacinação contra a covid-19 na Região Autónoma da Madeira”, salientou o executivo madeirense na mesma nota.

A Madeira recebeu em 01 de fevereiro um outro lote com 5.850 vacinas da Pfizer.De acordo com as informações facultadas pelo secretário da Saúde da Madeira, Pedro Ramos, este mês, a região deverá receber outro lote de 17.550 vacinas da Pfizer, perfazendo um total de 51.225 doses, o que permitirá administrar a vacina a 25.000 pessoas, cerca de 10% da população do arquipélago.

O Plano Regional de Vacinação covid-19 da Madeira estabelece três fases, a começar pelos grupos prioritários, ao que se seguem as pessoas com comorbilidades e, depois, o resto da população.A estimativa aponta que sejam vacinadas 50 mil pessoas na primeira fase, outras 50 mil na segunda fase, e, por fim, 100 mil pessoas. O presidente do Governo da Madeira, de coligação PSD/CDS, o social-democrata Miguel Albuquerque, afirmou que o objetivo do executivo insular é atingir 70% da população do arquipélago vacinada até setembro deste ano.De acordo com os últimos dados, divulgados na sexta-feira pela Direção Regional de Saúde, a Madeira já registou 7.478 infeções com o vírus da covid-19 desde o início da pandemia, mantendo-se 819 situações ativas.A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.570.291 mortos no mundo, resultantes de mais de 115,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.486 pessoas dos 808.405 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia a notícia completa aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email