Covid-19: Madeira vai receber mais 6.000 vacinas para crianças a 10 de janeiro

JORNAL ECONÓMICO 20/12/2021

O secretário regional da Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, anunciou que a Região Autónoma da Madeira vai receber mais 6.000 vacinas para crianças entre os 5 e 11 anos a 10 de janeiro de 2022, durante a conferência de imprensa de balanço da pandemia contra a Covid-19, que se realizou no passado domingo.

O governante referiu que a região autónoma tem a quantidade de vacinas necessárias para vacinar a faixa etária dos 5 aos 11 anos contra o coronavírus.

A Madeira iniciou a vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos, a 14 de dezembro, tendo sido a primeira região do país a fazê-lo. No território nacional a vacinação iniciou-se a 18 e 19 de dezembro.

Até ao passado domingo tinham sido vacinadas 530 crianças, entre os 5 e os 11 anos, na região autónoma.

A região tinha recebido 12.000 vacinas, para crianças entre os 5 e os 11 anos, a 12 de dezembro.

O secretário regional da Saúde apelou, no passado domingo, a que os pais vacinem as crianças, reforçando que a vacinação “é segura, está disponível e é mais uma arma que temos” para combater a pandemia da Covid-19.

A vacinação de crianças contra o coronavírus, entre os 5 e os 11 anos, decorre no Funchal a 23 e 30 de dezembro, entre as 09h00 e as 18h00, conforme anunciado pela Secretaria Regional da Saúde e Proteção Civil.

Em Câmara de Lobos a vacinação das crianças chega a 21 (09h00-12h00) e Ribeira Brava (14h00-18h00).

Em Machico acontece a 22 (09h00-12h00), tal como em Santa Cruz (14h00-18h00).

Na Ponta do Sol a vacinação está prevista para dia 27 (09h00-12h00), e na Calheta (14h00-18h00).

Em São Vicente a vacinação está programada para dia 28 (09h00-12h00), e Porto Moniz (14h00-18h00).

Em Santana a vacinação realiza-se a 29 de dezembro (09h00-12h00).

Os centros de vacinação estão encerrados nos dias 24,25,26 e 31 de dezembro e a 1 de janeiro.

No centro de vacinação localizado no Funchal vai decorrer também a administração de doses de reforço contra a Covid-19.

A Madeira tem 1.300 casos ativos de coronavírus, 60 são importados e 1.240 de transmissão local. Estão hospitalizadas 39 pessoas (37 em unidades polivalentes e duas nos cuidados intensivos).

Notícia completa aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email