Doentes acamados da Madeira começaram a receber a vacina da Janssen

DN MADEIRA 07/06/2021

A Região já começou a vacinar os seus doentes acamados, que são cerca de mil, com a vacina da Janssen. Essa foi uma prioridade assumida para as doses daquela marca, por se tratar de uma vacina de dose única, o que facilita o processo logístico associado à vacinação daquele grupo de pessoas.

As primeiras doses da Janssen, a acamados, aconteceu, hoje, no concelho de São Vicente, com dez pessoas a receberem a vacina. Foi numa operação com a colaboração da corporação dos bombeiros voluntários locais.

A vacinação dos acamados vai continuar durante a semana, que agora se inicia e, já amanhã, chega ao do concelho de Machico.

Na última semana, a Região recebeu 5.500 doses da Janssen  e já aplicou 200, quase todas a profissionais do sector do turismo com mais de 50 anos.

Também hoje, a Madeira atingiu os de 100 mil madeirenses vacinados com pelo menos uma dose da vacina. Como destacou Pedro Ramos, que esteve no centro de vacinação do Madeira Tecnoplo, para assinalar o momento, são praticamente 40% de toda a população residente.

Esse facto já é notado na redução do número de mortes, de pessoas a desenvolverem formas graves da doença e no número de internamentos. Mas, alertou o governante, é preciso continuar o trabalho, no sentido de ser alcançada a meta de 175 mil madeirenses com a vacinação completa até Setembro. Mas, se houver mais doses antes, esse objectivo pode ser antecipado.

Para já, segue a estratégia de vacinação por nichos, além da que obedece ao factor idade, atingindo agora o sector do turismo.

Num futuro, que a Madeira espera breve, avançará a vacinação dos mais jovens. Haverá uma campanha de sensibilização para isso, até porque, lembra Pedro Ramos, os mais jovens assumem um papel determinante na propagação ou na contenção da doença.

Notícia completa aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email