Isolamento até ao segundo teste protege o estudante, a sua família e a comunidade

Presidente do Governo reforça mensagem: “não é possível contermos esta pandemia na Madeira se as pessoas não assumirem integralmente as suas responsabilidades individuais”

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, disse sexta-feira, 6 de novembro, à margem da visita à sede da ARAE, que a decisão do seu Executivo, no sentido da realização de um segundo teste – entre o quinto e o sétimo dia – aos estudantes que regressam à Região por altura do Natal é, antes de mais, uma proteção para o próprio estudante, para os respetivos familiares e para a comunidade.

“Imagine que um estudante vem, faz o teste, dá negativo e entra imediatamente em contacto estreito com os familiares, por exemplo, com os avós”, expôs o Chefe do Governo.

“É um risco bastante acentuado. Eu acho que, neste momento, temos que ser racionais. E a racionalidade impõe que se mantenha o distanciamento durante este período – cinco a sete dias – antes da segunda testagem”, continuou, reforçando a necessidade de, até ao resultado do segundo teste, os jovens estudantes cumprirem o isolamento profilático.

Miguel Albuquerque vincou que a contenção desta ameaça para a comunidade estará sempre ligada à responsabilidade individual no cumprimento integral das regras em vigor.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email