Madeira já administrou mais de 60 mil vacinas

RTP1 13/04/2021

“Até ao dia 11 de abril, foram administradas na Região Autónoma da Madeira (RAM), 60.014 vacinas contra a covid-19, desde o dia 31 de dezembro de 2020”, diz uma nota de imprensa da Secretaria Regional da Saúde e da Proteção Civil (SRSPC).

A SRSPC realça que “as pessoas vacinadas integram os grupos prioritários definidos no Plano Regional de Vacinação contra a covd-19 na RAM, de acordo com a alocação das vacinas à região”.

Do número total de vacinas administradas (60.014), 41.844 correspondem a administração da primeira dose e 18.170 foram segundas doses da vacina o que, para a SRSPC, “significa que 7,1% da população residente tem já a vacinação completa e 16,5% uma dose da vacina”.

Na última semana, foram administradas 11.512 vacinas, facto que representa para a autoridade de saúde regional “o maior número de vacinas administradas ao fim de sete dias, até à data”.

Em 05 de abril, o secretário da Saúde da Madeira, Pedro Ramos, afirmou que a Madeira tem conseguido ter vacinas “sempre disponíveis” e referiu que, no primeiro trimestre, a região recebeu 49 mil vacinas da Pfizer e da AstraZeneca e, em abril, vai ter cerca de 59 mil.

“Depois, entre maio e junho, vamos receber vacinas da Pfizer, da Astrazeneca e também da Johnson&Johnson e isso vai dar um número muito superior às 200 mil vacinas na região”, adiantou o governante madeirense.

Por isso, depois de vacinar todos os elementos da comunidade das escolas, as autoridades de saúde da Madeira vão começar a administrar as vacinas a pessoas de “outros serviços críticos”, nomeadamente “a nível do turismo e similares, porque a hotelaria vai permitir continuar a recuperar a economia”, acrescentou Pedro Ramos.

O Plano Regional de Vacinação contra a covid-19 estabelece três fases, a começar pelos grupos prioritários, ao que se seguem as pessoas com comorbilidades e, depois, o resto da população.

A estimativa aponta para que sejam vacinadas 50 mil pessoas na primeira fase, outras 50 mil na segunda fase e, por fim, 100 mil pessoas, tendo sido estabelecida a meta de atingir 70% da população (cerca de 260 mil habitantes) da região até o final de setembro.

A Madeira tem hoje mais 18 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, dois dos quais são importados de França e 16 de transmissão local, e 21 recuperações, revela o boletim epidemiológico da Direção Regional da Saúde (DRS).

A região passa a contabilizar 8.617 casos confirmados de covid-19 desde 16 de março, 8.239 doentes recuperados e um total de 71 óbitos associados à covid-19.

A DRS adianta haver na Madeira 307 casos ativos, dos quais 15 são importados e 292 de transmissão local.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.937.355 mortos no mundo, resultantes de mais de 135,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.918 pessoas dos 827.765 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Notícia completa aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email