Madeira pretende vacinar jovens entre os 12 e 15 anos antes do início do ano lectivo

O NOVO 30/05/2021

O Governo da Madeira pretende concluir o processo de administração da vacina da Pfizer aos jovens entre os 12 e 15 anos antes do início do próximo ano lectivo, anunciou este domingo o secretário da Saúde do arquipélago.

Pedro Ramos falava aos jornalistas no decorrer da visita que efectuou com o vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, ao centro de vacinação do Funchal, instalado no Madeira Tecnpolo

O governante realçou que a Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês)) já deu a autorização para a vacinação abaixo dos 18 anos, com a utilização das vacinas da Pfizer e BioNtech, podendo o mesmo acontecer com outras que “têm o mesmo mecanismo de acção”, como a da Moderna.

“Estamos à espera que a Direcção-Geral de Saúde tome a sua posição e a partir desse momento todos os nosso jovens serão vacinados antes do início do ano lectivo”, declarou o responsável do executivo insular.

Pedro Ramos salientou que a Madeira “continua em busca de atingir o objetivo da proteção completa, o que provavelmente será atingido em Setembro”.

Neste momento, salientou, a região tem à data 50 mil pessoas que já receberam as duas doses da vacina, o que “significa 20% da população” do arquipélago.

“Na próxima semana, a Madeira vai atingir as 150 mil doses administradas”, havendo “100 mil pessoas com a primeira inoculação, o que é importante para a proteção de grupo” da comunidade regional, vincou o responsável.

Pedro Ramos mencionou que houve 315 pessoas na Madeira que “apesar de estarem vacinadas voltaram a ficar infectados” com SARS-Cov-2, mas, assegurou, que “não tiveram problemas, estiveram sempre assintomáticos e não precisaram de internamentos”.

O Plano Regional de Vacinação covid-19 da Madeira estabelece três fases, a começar pelos grupos prioritários, ao que se seguem as pessoas com comorbilidades e, depois, o resto da população.

A estimativa aponta para que sejam vacinadas 50 mil pessoas na primeira fase, outras 50 mil na segunda fase e, por fim, 100 mil pessoas.

As primeiras vacinas foram aplicadas na Madeira a 31 de Dezembro de 2020 e o contador registava que foram aplicadas até às 15h00 deste domingo 144.492 vacinas contra a covid-19.

De acordo com os dados do último boletim epidemiológico divulgado sábado pela Direcção Regional de Saúde, a Madeira registou 12 novos casos de covid-19 e mais 25 doentes recuperados, estando diagnosticadas 194 situações activas.

A região totaliza 9.445 casos de covid-19 desde o início da pandemia, soma 9.179 doentes recuperados e regista 72 óbitos associados à doença.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.535.376 mortos no mundo, resultantes de mais de 169,8 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.023 pessoas dos 848.213 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

Notícia completa aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email