Pedro Ramos reuniu com os laboratórios que asseguram a realização de testes PCR em Portugal Continental

Atualmente são 33 os postos de colheitas de amostras para realização do teste PCR à COVID-19, mas brevemente essa disponibilidade será aumentada para 44 postos de colheita por todo o país.

O secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, reuniu, no dia 13 novembro, com os representantes dos seis laboratórios com os quais o Governo Regional tem protocolo ativo para assegurar a realização de testes PCR no Continente português a todos os passageiros que pretendem viajar para a Região Autónoma da Madeira.

Atualmente são 33 os postos de colheitas de amostras para realização do teste PCR à COVID-19, mas brevemente essa disponibilidade será aumentada para 44 postos de colheita por todo o país.

Todos os representantes dos laboratórios manifestaram intenção em manter esta parceria com o Governo Regional e em alguns casos irão reforçar o número de postos de colheitas pelo país.

O Governo Regional tem protocolos celebrados com várias entidades no Continente português, a saber:

– Centro de Estudos de Doenças Crónicas (CEDOC) em Lisboa (desde o dia 01 de julho);

– Laboratório de Análises Clínicas da Universidade de Coimbra (desde o dia 13 de julho);

– Administração Regional de Saúde do Norte – ARS Norte – (desde 21 de julho)

– Centro Hospital Universitário do Algarve e a Universidade do Algarve (desde o dia 06 de agosto)

– LUMILABO, Laboratório de Análises Clínicas SA, em Lisboa, no Porto e Algarve (desde o dia 01 de agosto).

– Laboratório AVELAB – Laboratório Médico de Análises Clínicas (desde o dia 01 de setembro)

A lista dos postos de colheitas está disponível no site do Governo Regional. Consulte aqui.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email