Princípios Gerais na Retoma da Atividade Clínica no SESARAM, EPE

1. A retoma da atividade clínica será progressiva e sempre reajustável com retornos e avanços de acordo com a evolução epidemiológica da infeção COVID 19 na RAM;

2. A retoma de atividade clínica pressupõe que:

      a.     O número de pessoas infetadas na RAM é baixo;
      b.     O SESARAM tem capacidade de efetuar testes em tempo útil;
      c.     O SESARAM capacitou-se com as estruturas e os processos assistenciais para os doentes NÃO COVID, COVID SUSPEITOS e COVID CONFIRMADOS;

3. Os Serviços Clínicos definirão quais as atividades clínicas a retomar e a ordem de prioridade com a devida calendarização;

4. Os utentes que aguardam a realização de exames complementares de diagnóstico (análises, raio X e outros) serão contactados pelos respetivos serviços;

5. No exercício da atividade profissional todos os profissionais devem usar os Equipamentos de Proteção Individual preconizados para cada situação específica;

6. Todos os profissionais de saúde devem fazer uma auto-monitorização de sinais e sintomas compatíveis com infeção nomeadamente com medição da temperatura corporal 2 vezes por dia;

7. Todos os doentes internados de forma urgente, eletiva ou para procedimentos diagnóstico-terapêuticas invasivos são submetidos a Rastreio Sistemático COVID 19;

8. É mantida a limitação de Visitas aos doentes internados nas várias instituições do SESARAM, EPE, com processos de comunicação proactiva dos profissionais com os familiares dos doentes, sem prejuízo dos regimes específicos nas unidades especiais;

9. São mantidas as consultas não presenciais e, progressivamente, abertas as consultas presenciais para casos selecionados definidos pelas várias especialidades;

10. Dado a área de consulta externa estar limitada ao espaço do auto silo, os períodos de consulta são alargados das 08:00 às 20:00H;

11. Não são permitidas salas de espera com múltiplos doentes;

12. Os Serviços de Atendimento Urgente (SAU) mantêm-se em funcionamento nos Centros de Saúde Machico, Ribeira Brava e Porto Santo (24h/7dias da semana) e no caso do Centro do Bom Jesus (Funchal) das 10 às 18h /5 dias úteis até 15 de maio. Mantém-se a actividade presencial programada em todos os centros de saúde concelhios, sempre com a preocupação de evitar salas de espera com múltiplos doentes;

       a. As vacinas integradas no plano regional de vacinação e as vacinas extra plano, e consultas de desenvolvimento são asseguradas em todas as idades;

       b. As colheitas para análises de sangue são realizadas  nos respectivos centros de saúde da área de residência ou outro referenciado no período COVID, e no caso do concelho do Funchal, no Laboratório do SESARAM até ao dia 15 de maio, mediante agendamento prévio, para evitar aglomerado de utentes;

       c. A partir de 18/05 será definido novo horário de funcionamento para os centros de saúde do Bom Jesus e de Santo António.

13. Aos Utentes recomenda-se que não façam deslocações às Unidades de Saúde sem que tenham sido previamente contactados, salvo situações inadiáveis e urgentes;

14. Todas as pessoas que frequentam as instalações do SESARAM EPE devem usar máscara comunitária e devem cumprir as regras de distanciamento físico e higienização das mãos;

15. Os utentes que necessitem de qualquer esclarecimento podem recorrer aos endereços de correio eletrónico dos respectivos centros de saúde (já publicitados no site do SESARAM,EPE) e ainda ao [email protected][email protected][email protected];  ou pelos contactos telefónicos publicitados no site do SESARAM,EPE.

16. Os contactos aos utentes para informar das datas de consulta presencial ou realização de exame, serão feitas preferencialmente, por SMS para os números de telemóvel validados do utente, e ainda rede de telefone fixo ou telemóvel com referência “confidencial” (neste caso apela-se aos utentes atenção a essas chamadas).​

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email