Prioridade na vacinação para o ensino presencial

Miguel Albuquerque anunciou hoje que a vacinação dos professores e demais funcionários das escolas vai começar em breve, na Região. Ao todo, serão mais de cinco mil. Na primeira fase, será dada prioridade aos que estão em regime presencial, sobretudo aos que têm contacto com os alunos mais novos, nomeadamente aqueles que não podem usar máscara (até aos seis anos).

O presidente do Governo Regional falava durante a visita que fez, nesta quarta-feira de manhã, ao Centro de Rastreios da Madeira, localizado no Campo da Barca, no centro de saúde Dr. Agostinho Cardoso.

Aos jornalistas, o líder madeirense explicou que o processo está a ser estudado pela Secretaria da Educação. A vacina a aplicar deverá ser a Astrazeneca (ontem a Direção Geral de Saúde o Infarmed disseram ser segura para todas as idades, levantando as restrições na sua aplicação para pessoas com mais de 65 anos), com Miguel Albuquerque a recordar que «no Reino Unido a vacina já foi administrada a vários milhões de pessoas com mais de 65 anos, sem problema».

O governante reforçou ainda que «os mais idosos, junto com os profissionais que estão na linha da frente, continuam a ser a prioridade na vacinação», para depois recordar que está a ser concluído o processo de inoculação das pessoas com mais de 80 anos.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email