Regras para visitas aos lares vão continuar iguais

Miguel Albuquerque anunciou hoje que os lares vão continuar com visitas restringidas. Para defesa dos seus utentes.

O presidente do Governo Regional acaba de anunciar que as medidas de restrição nas visitas aos Lares de Terceira Idade são para continuar. Miguel Albuquerque diz que são essas medidas que têm evitado surtos em instituições de acolhimento de idosos, como aconteceu em Portugal Continental.

O governante falava à margem da visita, efetuada hoje, às instalações da Santo Queijo, no Santo da Serra. Questionado pelos jornalistas acerca do que se passa no Lar da Misericórdia de Machico, Miguel Albuquerque disse que todos os utentes e funcionários estão a ser testados e que foi imediatamente acionado o plano de contingência, estando-se agora a aguardar os resultados dos testes.

O líder madeirense destacou o facto de, no verão, o Governo ter sido fortemente pressionado por familiares para que fossem retomadas as visitas normais nos lares, sem restrições. «Ainda bem que não cedemos. Compreendemos a vontade das pessoas, mas penso que todos já percebemos que só estamos a proteger quem amamos», adiantou.

Miguel Albuquerque admitiu que esta é a fase da pandemia mais preocupante, pedindo a colaboração dos madeirenses e dos porto-santenses nos comportamentos a adotar. «Nos convívios familiares e de amigos há que manter distanciamento social, evitar aglomerações e usar a máscara. Nós não podemos ter um polícia em cada esquina e não vamos estar a entrar na casa das pessoas. Pelo que terão de ser as próprias pessoas a zelar pela sua Saúde e de todos os outros», frisou.

A concluir, voltou a recordar que a COVID afeta todos os escalões etários e que os mais novos não estão imunes à doença. Neste sentido, apela para que aqueles cumpram escrupulosamente com as normas já anunciadas.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email