SREI apela que empresas de construção civil continuem a adotar medidas preventivas à COVID-19

Os procedimentos previstos nos planos de contingência poderão ser ajustados, ampliados ou restringidos, devendo perdurar enquanto forem considerados necessários e imprescindíveis para garantir a segurança dos trabalhadores.

Atendendo às medidas hoje avançadas pela Presidência do Governo Regional no que diz respeito às novas medidas de prevenção e cuidado face à COVID-19, a Secretaria Regional de Equipamentos e Infraestruturas (SREI) vem por este meio apelar às empresas de construção civil que laboram na Região, e a todos os demais trabalhadores relacionados, que continuem a adotar todos os procedimentos necessários para evitar a disseminação desta pandemia.

Devido à importância estratégica que este setor assume na economia regional, é imperativo que as empresas de construção civil que possuam obras a decorrer na Região continuem a seguir e a ajustar os seus Plano de Contingência, implementados desde abril de 2020, altura da retoma do setor, no âmbito da infeção COVID-19 (SARS—CoV-2), de forma a garantir condições de segurança preventiva de contágio entre os trabalhadores.

Como já referido, os procedimentos previstos nos planos de contingência poderão ser ajustados, ampliados ou restringidos, devendo perdurar enquanto forem considerados necessários e imprescindíveis para garantir a segurança dos trabalhadores.

“Apelamos, assim, a todos os intervenientes de obra, desde pessoal da fiscalização, empreiteiros, subempreiteiros, trabalhadores e fornecedores, a implementação e cumprimento, com rigor, das medidas adequadas para a segurança de todos”, reforça o Secretário Regional de Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Fino.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email