Testados residentes que se ausentem da Região por menos de 72 horas

O Presidente do Governo, Miguel Albuquerque, referiu hoje, à margem da visita a uma exploração agrícola, em Santana, que, tal como havia anunciado, o Executivo deliberou estender a todos os passageiros a obrigatoriedade do teste à COVID-19, aquando do desembarque nos aeroportos da Região.

A resolução encontra-se já em vigor, passando, assim, os passageiros, que viajem da Madeira ou Porto Santo para o Continente ou estrangeiro, por um período inferior a 72 horas, a estar obrigados à realização do teste no regresso à Região.

O Chefe do Governo recomendou ainda o adiamento, sempre que possível, de deslocações ao Continente devido à atual situação epidemiológica.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email