Trabalhadores de Câmara de Lobos pagos a 100% durante a cerca

Todos os trabalhadores da freguesia de Câmara de Lobos que foram impedidos de trabalhar, devido à cerca, serão pagos a 100%. A medida estende-se ainda aos que viviam fora da freguesia, mas cujo local de trabalho estava dentro da área confinada. O anúncio foi feito há pouco pelo presidente do Governo Regional.

Miguel Albuquerque esteve hoje em Câmara de Lobos (a primeira visita oficial que faz desde que foi decretado o Estado de Emergência na Região), onde reuniu com os presidentes da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, Pedro Coelho, e da Junta local, Celso Bettencourt. A secretária regional da Inclusão também esteve presente na reunião.

No final, o líder madeirense confirmou que todos os trabalhadores, quer privados, quer públicos, terão o seu salário assegurado, a 100%, pela Segurança Social, no período em que durou a cerca sanitária.

Questionado pelos jornalistas que o aguardavam, à saída do encontro, o líder madeirense admitiu ainda que no final desta

semana deverão ser anunciadas, se tudo continuar a correr bem ao nível da evolução da pandemia na Região, mais medidas de desconfinamento da população e de reabertura gradual da economia.

Lembre-se que a cerca sanitária à freguesia de Câmara de Lobos vigorou, desde as zero horas do dia 19 de abril até às zero horas de domingo passado (3 de maio) e que ocorreu na sequência de uma cadeia de transmissão num dos bairros sociais de Câmara de Lobos, o “Nova Cidade”.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email