Turistas com COVID-19 podem vir suportar parte dos custos da estada

Presidente do Governo Regional indicou que o Executivo está a estudar solução “justa”.

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, indicou esta terça-feira, 27 de outubro, que a Região está a equacionar a hipótese de os turistas estrangeiros, cujo teste PCR, realizado nos aeroportos da Madeira e Porto Santo venha, a revelar-se positivo, passem a comparticipar parte dos custos da estada nas unidades hoteleiras destinadas ao acolhimento de pessoas infetadas.

“O Governo Regional está à procura de uma solução”, disse Miguel Albuquerque.

“Passa também por aquilo que é justo, que é a comparticipação dos próprios utentes no uso e nos gastos inerentes ao hotel. Os turistas fazem e pagam reservas antecipadamente. E a ideia é que esse dinheiro da reserva seja canalizado para ajudar nos custos do Serviço Regional de Saúde”, explicou.

Recordar que os custos da estada nas unidades hoteleiras destinadas ao acolhimento de pessoas com COVID-19 têm vindo a ser suportados pelo Governo Regional.

Fonte: madeira.gov.pt

Partilhar

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email